São Paulo em Mundiais: de Telê a Ceni, relembre as conquistas do Tricolor

Um dos mais tradicionais clubes do futebol brasileiro

Por:

14/06/2022 07:21
Bandeira do time São Paulo
Bandeira do time São Paulo - Fonte: Google

O São Paulo também destaca-se pelas suas conquistas internacionais

Tricampeão da Libertadores, o Tricolor nunca retornou de uma disputa de Mundial de Clubes sem a taça. São três conquistas: 1992, 1993 e 2005.

A equipe paulista também possui uma Copa Sul-Americana, vencida em 2012, e duas Recopas, em 1993 e 1994.

Mundiais de 92 e 93: a ‘Era Telê Santana’

13 de dezembro de 1992, a primeira taça do São Paulo Futebol Clube. Sob o comando de Telê Santana, o Tricolor triunfou por 2 a 1, contra o Barcelona, com dois gols de Raí.

Os catalães tinham no comando Johan Cruyff, ícone do futebol mundial, e jogadores como Guardiola, Koeman e Stoichkov.

A partida ficou para a história também por momentos épicos. Após sair perdendo por 1 a 0, a equipe de Telê foi em busca da épica vitória. Muller fez grande jogada e achou Raí, que só empurrou para a rede.

E o camisa 10 escreveu seu nome na história com uma cobrança de falta categórica. Em jogada ensaiada com Cafú, Raí acertou lindo chute no ângulo para garantir o triunfo.

Praticamente um ano depois, no dia 12 de dezembro de 1993, a segunda glória dos brasileiros em solo japonês.

Ao vencer a Universidad Católica na final da Libertadores, o São Paulo partiu novamente para o Mundial de Clubes. E o Tricolor buscava um feito histórico: igualar as conquistas do Santos de Pelé.

Marca Rei do 
Pitaco
Aplicativo Rei do Pitaco

Com gol de Palhinha, os brasileiros marcaram e foram para o intervalo na frente. Logo no início da etapa final, Massaro - um dos destaques dos italianos - deixou tudo igual. O São Paulo pulou na frente mais uma vez com Toninho Cerezo, mas viu Papin, de cabeça, empatar o duelo novamente. Faltando pouco menos de cinco minutos para o fim da decisão, Muller aproveitou confusão na área e selou o bicampeonato tricolor.

2005: tricampeonato com brilho de Ceni

Um dos grandes ídolos da história do São Paulo, Rogério Ceni teve atuação impecável na grande decisão contra o Liverpool, em 2005. Afinal, quem não se lembra da defesa emblemática em cobrança de falta de Gerrard?

Os brasileiros chegaram a Tóquio depois de atropelar o Atlético-PR na final da Libertadores, com 5 a 1 no agregado. Já os ingleses foram para o oriente depois de arrancar empate heróico contra o Milan, na final da Champions League, e triunfar nas penalidades.

Com dois gols de Amoroso e de Rogério Ceni, em cobrança de pênalti, o São Paulo venceu o Al-Ittihad na semifinal do torneio.

A história da final teria um herói improvável. Em linda enfiada de bola de Aloísio Chulapa, Mineiro apareceu livre nas costas da zaga e tocou na saída de Reina para fazer 1 a 0 ainda na primeira etapa.

Entre gols anulados, defesas de Ceni e chances perdidas, os paulistas se seguraram da forma que podiam para conquistar o terceiro título mundial de sua história.

Rogério Ceni foi eleito o melhor da partida e também o melhor jogador de toda a competição. Craque do Liverpool, Steven Gerrard foi o Bola de Prata.

História do São Paulo: fundação, Mundiais, de Telê a Muricy e mais; relembre

O São Paulo Futebol Clube começou sua história em função do Clube Atlético Paulistano, tradicional na capital paulista.

Com a evolução do futebol no Brasil, o Paulistano definiu por encerrar o departamento em 1929. Foi então que alguns atletas decidiram migrar para a Associação Atlética das Palmeiras. No ano seguinte, a partir da junção dos jogadores e membros da diretoria do clube paulista, em 25 de janeiro de 1930, foi fundado o São Paulo. Em homenagens às equipes fundadoras, o uniforme ficou definido como é até os dias de hoje: com faixas vermelha e preta. À época, era conhecido como São Paulo da Floresta, por conta da localização de seu estádio.

A primeira partida disputada aconteceu em 16 de março de 1930, contra o CA Ypiranga, pelo Campeonato Paulista. O confronto terminou empatado em 0x0.

Pouco anos depois, em virtude de conturbações políticas internas, teve suas atividades suspensas temporariamente. Foi então que, em 1935, o São Paulo FC foi refundado e recebeu o apelido de ‘Clube da Fé’, em virtude dos momentos difíceis para a retomada.

A chegada do Diamante Negro

Em 1942, o São Paulo começou a rivalizar com Palmeiras e Corinthians, principais equipes da época.

E a chave virou a partir da contratação mais cara do futebol sul-americano até então: Leônidas da Silva.

Apesar da idade elevada, o ‘Diamante Negro’ fez história, sendo pentacampeão paulista pelo Tricolor. Leônidas se aposentou dos gramados em 1950.

A história do Morumbi

Outro ponto marcante da história acontece em 1952, quando o sonho de um novo estádio começou a se tornar realidade. O terreno do Morumbi foi adquirido junto à imobiliária Aricanduva e as obras se iniciaram em 1953.

Mesmo sem o término das obras, a primeira partida da história do estádio ocorreu em 1960, contra o Sporting, de Portugal. Depois de alguns problemas financeiros ao longo do percurso, a construção foi concluída em dezembro de 1969, 16 anos depois.

Os Menudos de Cilinho

Uma das equipes mais recordadas pelos são-paulinos ficou conhecida como os ‘Menudos do Morumbi’. Liderados por Cilinho, e com nomes de peso como Careca, Darío Pereira, Silas, Muller, entre outros, o São Paulo conquistou seu bicampeonato brasileiro, em 1986 e os Paulistas de 1985 e 1987.

A ‘Era Telê Santana’

Na década de 90, um dos grandes treinadores da história do futebol brasileiro assume o clube e faz história: Telê Santana.

O comandante faturou as duas primeiras Libertadores dos paulistas, além dos Mundiais de 92 e 93, em cima de Milan e Barcelona.

Telê foi o técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1982. Apesar da derrota, fez com que seus comandados ficassem lembrados pra sempre na memória dos amantes do futebol ao redor do planeta.

Tri do mundo e Muricy Ramalho

Em 2005, o Tricolor começou a traçar mais uma era vitoriosa. Em 2005, venceu o Paulista, a Libertadores e o Mundial.

No ano seguinte, com a chegada de Muricy Ramalho, um feito inédito em terras tupiniquins: o tri brasileiro consecutivo, com as taças de 2006, 2007 e 2008.

Relembre todos os títulos do São Paulo

São Paulo futebol clube comemorando
Jogadores do São Paulo comemorando título com treinador Hernán Crespo

Títulos Internacionais:

  • Mundial de Clubes: 1992, 1993, 2005
  • Copa Libertadores da América: 1992, 1993, 2005
  • Copa Sul-Americana: 2012
  • Supercopa da Libertadores da América: 1993
  • Recopa Sul-Americana: 1993, 1994

Títulos Nacionais:

  • Campeonato Brasileiro: 1977, 1986, 1991, 2006, 2007, 2008.
  • Torneio Rio-São Paulo: 2001

Títulos estaduais:

  • Campeonato Paulista: 1931, 1943, 1945, 1946, 1948, 1949, 1953, 1957, 1970, 1971, 1975, 1980, 1981, 1985, 1987, 1989, 1991, 1992, 1998, 2000, 2005 e 2021.
  • Supercampeonato Paulista: 2002