Flamengo: veja as principais conquistas da história do clube carioca

Rubro-Negro está entre os clubes mais vitoriosos do futebol brasileiro

Por:

21/06/2022 18:44
Jogadores do Flamengo comemorando
Jogadores do Flamengo comemorando - Foto: Flickr - Flamengo

Conheça todos os títulos da história do Flamengo

Fundado em 17 de novembro de 1985, apenas para disputas de remo - esporte mais popular do Rio de Janeiro à época-, o Flamengo ingressou no futebol nacional apenas em 1912.

Criado por seis jovens, na praia do Flamengo, a diretoria também foi definida no mesmo dia em que ‘deu vida’ ao clube.

Conhecida como Rubro-Negro, o time carioca iniciou sua trajetória com as cores amarelo ouro e azul. Porém, além de desbotar nas águas, o tecido importado era muito caro. Foi então que Nestor de Barros, um ano mais tarde, definiu pelo vermelho e preto como as cores oficiais.

A equipe da Gávea teve sua era mais vitoriosa na década de 80, quando Zico - o maior ídolo da história do clube - conquistou todos os títulos possíveis.

E desde a chegada de Jorge Jesus, até a final da Libertadores de 2021, o Rubro-Negro retomou sua força para passar a disputar os grandes campeonatos nacionais e internacionais. Entre as taças, estão dois títulos brasileiros, uma Libertadores, estaduais e muito mais.

Confira a lista dos principais títulos do Flamengo

NACIONAIS E INTERESTADUAIS

  • Campeonato Brasileiro (8 títulos) - 1980, 1982, 1983, 1987, 1992, 2009, 2019 e 2020
  • Copa do Brasil - 1990 (invicto), 2006 e 2013
  • Supercopa do Brasil - 2020 e 2021
  • Torneio Rio-São Paulo - 1940 e 1961

INTERNACIONAIS

  • Mundial interclubes - 1981
  • Taça Libertadores da América - 1981 e 2019
  • Copa Mercosul - 1999
  • Recopa Sul-Americana - 2020

ESTADUAIS

Campeonato Carioca - (37 títulos) 1914, 1915 (invicto) 1920 (invicto), 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979 (especial - invicto), 1981, 1986, 1991, 1996 (invicto), 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011 (invicto), 2014, 2017 (invicto), 2019, 2020 e 2021. Taça Guanabara - (23 títulos) 1970, 1972 (invicto), 1973 (invicto), 1978, 1979, 1980 (invicto), 1981, 1982, 1984, 1988, 1989 (invicto), 1995, 1996 (invicto), 1999 (invicto), 2001, 2004, 2007, 2008, 2011 (invicto), 2014, 2018, 2020 e 2021. Taça Rio (10 títulos) - 1978 (invicto), 1983, 1985 (invicto), 1986, 1991(invicto), 1996 (invicto), 2000, 2009, 2011 (invicto) e 2019.

Fonte: site oficial do flamengo

Flamengo no Mundial: de Zico a Gabigol, relembre paritipações dorubro-negro no torneio intercontinental

Rubro-Negro disputou o torneio intercontinental em duas oportunidades: 1981 e 2019

O Flamengo figura entre o seleto grupo dos campeões mundiais brasileiros.

Sob o comando de Zico, maior ídolo da história do clube, o Rubro-Negro ficou com a taça logo em sua primeira participação, em 1981, em final disputada contra o Liverpool. Conquista que ficou na história e virou até música da nação.

Marca Rei do 
Pitaco
Aplicativo Rei do Pitaco

Em 2019, mais uma participação no torneio, contra o mesmo Liverpool, mas a o final não foi tão feliz. Com gol de Roberto Firmino na prorrogação, os comandados de Jorge Jesus não repetiram o feito do maior ídolo do time carioca e acabaram derrotados.

O triunfo de 1981

Os momentos mais brilhantes do Flamengo aconteceram sob o comando de um dos grandes jogadores da história do futebol brasileiro: Zico.

O Galinho - como é conhecido - marcou 4 gols em três partidas válidas pela decisão da Libertadores, contra o Cobreloa, do Peru.

Após vencer no Maracanã, por 2 a 1, e perder por 1 a 0, em Santiago, o Rubro-Negro garantiu a taça em jogo de desempate disputado em Montevidéu, no Uruguai (palco que também seria da grande final da Libertadores de 2021). Com dois gols, Zico brilhou e cravou seu nome na história flamenguista.

Vinte dias após conquistar a Glória Eterna, a equipe liderada também por grandes nomes como Raul Plasman, Júnior, Nunes e Leandro, além de sua maior estrela.

Apoiado pelos japoneses, o Flamengo começou a decisão do Mundial, em Tóquio, abrindo o placar logo no começo da partida. Lançamento primoroso de Zico e arremate de Nunes. Ainda no primeiro tempo, Adílio e Nunes - pela segunda vez - selaram a vitória. Na etapa final, o Rubro-Negro só administrou o placar.

Vice em 2019

O ano de 2019 ficará para sempre na memória dos flamenguistas. Desde o desembarque de Jorge Jesus no Brasil, os cariocas voltaram a sonhar com o bicampeonato do troféu mais cobiçado do futebol brasileiro. E a final foi épica.

Jogando contra o River Plate de Marcelo Gallardo, um dos grandes times da América do Sul nos últimos anos, a estrela de Gabigol brilhou.

O camisa 9 esbanjou oportunismo para virar o jogo em poucos minutos e garantir a festa da nação flamenguista em Lima, no Peru.

Gabigol segurando a taça Rei do Pitaco

Campeão da América do Sul e brasileiro, o Flamengo embarcou para o Catar em busca do bimundial.

Na semifinal, com gols de Bruno Henrique, Arrascaeta e contra de Al Bulaihi, a vitória por 3 a 1 garantiu vaga na decisão.

Em jogo muito disputado, os comandados de Jorge Jesus deram trabalho para a equipe de Jurgen Klopp. O gol do título dos ingleses sairia só na prorrogação, em ótimo lance do brasileiro Roberto Firmino.