Red Bull Bragantino: história, ídolos e títulos do Massa Bruta

Tradicional clube do interior paulista tem parceria com marca de bebidas e sonha em ser gigante

Por: Rei do Pitaco

15/07/2022 20:34
Jogadores do Bragantino em campo

O Red Bull Bragantino foi fundado em 8 de janeiro de 1928 como Clube Atlético Bragantino, data em que a sua primeira diretoria tomou posse e que o clube leva até hoje como data oficial de fundação. O Massa Bruta, clube do interior de São Paulo, carrega muita tradição em sua história no futebol estadual e, sob um comando de uma marca gigante, quer bater de frente com os maiores do país e se tornar referência também para o mundo.

A história do Bragantino

O Clube Atlético Bragantino, da cidade de Bragança, no interior de São Paulo, foi fundado após desentendimentos no Bragança Futebol Clube em 1927, mas apenas em janeiro do ano seguinte que o Clube Atlético Bragantino saiu do papel e ganhou a sua primeira diretoria. Em seu primeiro ano de existência, o time venceu a Taça Raul Leme sobre o Bragança FC e ganhou da imprensa local o apelido de Massa Bruta.

A equipe permaneceu disputando campeonato de nível amador até 1949 quando participou pela primeira vez da segunda divisão do Campeonato Paulista, ficando em quarto lugar em seu grupo. O direito de disputar a elite do Paulistão veio somente em 1965, quando conquistou o título da segundona do estadual.

Nos anos 70 o Bragantino passou por momentos de dificuldade financeira, tendo que deixar de participar de competições oficiais da Federação Paulista de Futebol. Retornou em 1973, mas sem conquistar uma única vitória no campeonato. Em 1978 o Braga disputou a última divisão estadual e chegou a perder por W.O. por não mandar sua equipe para campo. Em 1979 a história foi completamente diferente, com o Bragantino vencendo a divisão e conquistando o segundo título da era profissional.

Só em 1988 que o Bragantino retornou para a elite do Paulistão. Um ano depois, o Bragantino venceu a Série B do Campeonato Brasileiro, dando início aos melhores anos da história do clube. No ano seguinte, sob o comando de Luxemburgo, o time conquistou o título do Campeonato Paulista. No Brasileirão, terminou na oitava posição. No ano seguinte, em 1991, com foco no Brasileiro, o Massa Bruta terminou com o vice-campeonato.

Depois de muitos altos e baixos no fim dos anos 90 e início dos anos 2000, o Clube Atlético Bragantino anunciou em 2019 a parceria com o Red Bull Brasil e se tornou Red Bull Bragantino. Naquele ano o clube venceu a Série B do Brasileirão pela segunda vez e permanece na elite do campeonato. Além disso, participou em 2022 da Copa Libertadores pela primeira vez na história.

Títulos do Bragantino

O Red Bull Bragantino tem como a sua maior conquista o Paulistão de 1990, sob o comando do promissor Vanderlei Luxemburgo. Além disso, já conquistou duas vezes a Série B do Brasileirão.

Campeonato Paulista:

1 título (1990)

Campeonato Brasileiro Série B:

2 títulos (1989 e 2019)

Ídolos do Bragantino

O site oficial do Red Bull Bragantino aponta seus quatro maiores ídolos: Mauro Silva, volante que integrou a seleção brasileira campeã do mundo em 1994; Biro Biro, lateral-esquerdo campeão do Paulistão de 1990; Gil Baiano, dono de um dos chutes mais fortes da história do time, vestiu a camisa do Massa Bruta de 1989 a 1983, retornando no início dos anos 2000; e Vanderlei Luxemburgo, técnico do time na conquista da Série B e do Paulistão de 1989 e 1990 respectivamente.

Uniformes do Bragantino

O uniforme do Bragantino passou por diversas mudanças em toda a história, mas desde a o início da parceria com a Red Bull o primeiro uniforme é predominantemente branco, o segundo predominantemente preto e o terceiro em outras cores que remetem à marca, como azul ou vermelho.

Hino do Bragantino

Chegou a hora da luta É o alvinegro em ação Bragança toda se inflama Massa Bruta, campeão

Na força de uma raça Na luta já vencida Ergamos sempre uma taça Para a grande fiel torcida

Bragantino, o melhor Primeiro em emoção No campo é o maior Arrebenta coração

Defesa bem guardada A arte no meio do campo Velocidade no ataque E a bola entrando no canto

Olê, olê, olê, olá O Massa Bruta só joga pra ganhar

Vamos lá, rapaz Vamos lá, menino Venham, vamos todos Futebol é Bragantino

Escudo do Bragantino

O escudo do Red Bull Bragantino após a fusão com a marca de bebidas energéticas foi motivo de polêmica. Antes, ainda quando chamado Clube Atlético Bragantino, as cores preta e branca predominavam, junto com o nome do time e o desenho de uma bola. Após o início da parceria, o clube passou a adotar o símbolo de todas as equipes da Red Bull: dois touros vermelhos, um círculo amarelo e o nome da marca também em vermelho, com o “Bragantino”, em fonte menor, abaixo.

Marca Rei do 
Pitaco
Aplicativo Rei do Pitaco

Estádio do Bragantino

O Red Bull Bragantino manda seus jogos no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O local foi batizado em 2009 com o nome do pai do presidente do clube Marquinhos Chedid, o que gerou polêmica. Antes o palco dos jogos do Massa Bruta se chamava Estádio Marcelo Stéfani. Construído em 1949, os torcedores realizaram um mutirão para ajudar na construção. Tem capacidade para mais de 17 mil torcedores.

Mascote do Bragantino

Outra polêmica na história do clube após a parceria com a Red Bull, o mascote do Bragantino é o Leão de Bragança Paulista. Em 1944 o time venceu o América pelo Campeonato Municipal, e o então presidente do clube fez um quadro com a figura de um leão, que se tornou o mascote. Mas a Red Bull, desde que se tornou parceira, usa o touro, ou Toro Loko, símbolo da marca, como mascote.

Maior rival do Bragantino

Embora tenha tido boas rivalidades com equipes de Bragança Paulista no início de sua história, o maior rival do Red Bull Bragantino é a Ponte Preta, clube de Campinas, também no interior de São Paulo. As equipes já protagonizaram grandes jogos no Campeonato Paulista e nas séries A e B do Brasileirão.

Bragantino atualmente

Atualmente o Bragantino é comandado por Maurício Barbieri. O treinador lidera o projeto do Red Bull de contratar jovens jogadores e formar uma equipe competitiva nas principais competições. O Massa Bruta está na elite do Brasileirão e disputou em 2022 a Copa do Brasil e a Copa Libertadores.